13
Fev 09
publicado por hoogavermelho, às 14:42link do post | comentar

 

Em termos de desporto, o jornal “Público” há muito que perdeu credibilidade. É certo que ele pertence ao grupo Sonae de Belmiro de Azevedo, “portista” confesso, e que apresenta escritos de outros “portistas”. Não vem daí nenhum mal ao mundo, a escolha pertence-lhe e os resultados também. Isto é, os seus leitores têm minguado e desviado as suas atenções para alguns concorrentes.
Seja como for, inventar, subverter ou apagar a História é uma tarefa tão ridícula quanto inócua. É risível, grotesco e ridículo. Revela ignorância ou má fé, ou as duas, e só pode ter, como tem, o descrédito total.
O “Público até pode dizer que a responsabilidade é dos escribas, sacudindo a água do capote.
Não é! A responsabilidade é do jornal, se ele pretender ser levado a sério e quiser manter a sua credibilidade intacta.
 
O texto de Escobar e Prata acerca dos clubes que dominaram futebolisticamente a Europa do futebol nas várias décadas, desde a década de 60 até à década de 2000 contém vários disparates. Só nos interessa o maior deles todos, o que coloca o Real Madrid como o dominante na década de 60 e esquece ostensivamente o Benfica.
 
Omitir o nome do Benfica não nos preocupa. Na boca ou na pena de tais escribas, a mera referência ao nome Benfica sai emporcalhada. Também não nos preocupa minimamente a ignorância e a má fé com que Escobar e Prata tratam a História.
 
A História é a História, a ignorância e a má fé é de quem a desconhece, a inventa, a subverte ou a tenta apagar.
E a falta de credibilidade fica com o jornal que dá guarida a tais escritos.
 
Nos anos 60, foi o Benfica que dominou futebolisticamente a Europa do futebol!
Não foi o Real Madrid.
O Real Madrid dominou, sim, na década de 50.
 
Na Década de 60, o Benfica ganhou 2 (duas) Taças dos Clubes Campeões Europeus e esteve presente em mais 3 (três) finais da mesma.
Na década de 60 mais nenhum clube de futebol da Europa igualou este palmarés. Inter e Milão também ganharam 2 Taças dos Clubes Campeões Europeus, mas só o Inter esteve presente noutra final.
Na década de 60, o Real Madrid ganhou apenas uma Taça dos Clubes Campeões Europeus e esteve presente em mais duas finais.
Na década de 60, o Real Madrid perdeu uma final por 5-3 contra o Benfica e foi goleado por 5-1 na Luz, em 1965/1966, nos quartos-de-final da mesma prova, tendo sido consequentemente eliminado pelo Glorioso.
 
Na década de 60, o Benfica foi o clube da Europa que, na Taça dos Clubes Campeões Europeus, disputou mais jogos. Teve mais vitórias e menos derrotas do que o Real Madrid.
Com a devida vénia, inserimos aqui duas estatísticas que vieram publicadas no jornal “O Benfica”, de hoje, que desmistificam a vergonhosa falta de credibilidade histórica daquilo que o “Público” se dá ao luxo de publicar.
 

(in “O Benfica”, de 13-02-2009)
 
A credibilidade do “Público”, que permite tais mistificações da História e da verdade, fica aqui bem espelhada!
 
A ignorância, a má-fé, o despudor e a mordomia dos escribas nem destas provas da História precisam, qualificam-se por si!
 
Podem, todos eles, jornal e escribas, prosseguir na sua senda. Não nos incomodam, minimamente.
 
Mas o Benfica sim, o Benfica incomoda-os … e muito! É o que faz ser realmente Grande e não querer sê-lo, ou parecê-lo!
 
E a verdade, a verdade que fica sempre gravada na História é que
 
O BENFICA FOI O MELHOR CLUBE EUROPEU DA DÉCADA DE 60
 

 


Posso dizer que o "Público" é um jornal condenado à extinção. Se isso ainda não aconteceu é porque tem um grupo empresarial muito forte que o vai sustentando.
Como em toda as empresas existem os bons, os medianos e os maus funcionários. Poderá demorar o seu tempo, mas a escrita venenosa de alguns será desmascarada, e, aí será mais um a contribuir para os tristes números do desemprego.
Dylan a 13 de Fevereiro de 2009 às 18:29

mais sobre mim
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11

15
16
17
18
20

22
23
24
26


arquivos
2009

2008

links
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO