06
Mar 09
publicado por hoogavermelho, às 11:20link do post | comentar

 

As contas à moda do porto também se pagam e nem sempre são baratas. As facturas começam a chegar de todos os quadrantes, as dívidas estão vencidas ou com prazo de vencimento a esgotar-se!
 
Pagar fruta, rechear envelopes, comprar influências, oferecer viagens de férias, satelizar parceiros e coisas afins, tem dado elevados dividendos futebolísticos nas últimas duas décadas e meia.
 
Até aqui, os custos têm sido apenas os inerentes à verdade desportiva, corrompida, adulterada e aprisionada. Verdade desportiva até agora sem grande valor de mercado … e não só no nacional!
Umas multitas de tostões, umas condenações eufemísticas de tentativa que não condenam, uns ameaços de exclusão.
E já ninguém espera muito mais!...
 
O caminho foi incomensuravelmente facilitado!
Houve farta ajuda camarária!
Ofereceram-se terrenos e facilidades para construir estádios, (v.g. Relatórios do Tribunal de Contas e da Inspecção Geral de Finanças), construíram-se centros de estágio e de treino para ofertar!
 
Paralelamente, as conhecidas ajudas futebolísticas em abundância, auto-estradas rumo aos milhões da Europa!
Em consonância consequente, sorvem-se milhões da Champions League!
Ataviam-se jogadores na vitrina europeia, vedem-se por bom preço, vezes sem conta gato por lebre, recebem-se milhões e mais milhões!
 
Mas as contas estão sempre no vermelho!
Que maldição! Sonham com vermelho a toda a hora, ruminam noite e dia forma de o afugentar … e ele sempre a atormentá-los! Uma azia permanente!
Até nas contas!...
 
Ao que parece, a deficiência tornou-se, finalmente, estrutural. Veio para ficar!
Ainda há bem pouco tempo, dirigente responsável pela área financeira anunciava que o equilíbrio das contas exigia a realização de mais valias com venda de jogadores, na ordem dos 25 M€ ano.
Neste semestre, 18,7 M€ já foram conseguidos!
E as contas coladas no vermelho, só vermelho e mais vermelho!...
 
É verdade que o tal dirigente se desculpa com a melhoria de contratos, com o reforço do plantel, com o aumento dos encargos financeiros, nomeadamente o crédito!
 
Investir nos reforços, lá isso investiu, mais até do que o Benfica, embora seja um segredinho dos jornalistas que só vêem vermelho … menos o vermelho das contas do clube dos favores!
Foram só 30 M€, mais coisa menos coisa, em novos jogadores, com muito poucos deles a mostrarem qualidade, segundo dizem alguns menos timoratos e se vai observando! Aliás, se verificarmos que o clube das contas sistematicamente no vermelho perdeu por 4-1, frente ao seu satélite de condes e viscondes, (de fato surrado também pela vermelhidão das contas), com uma fornada de jogadores que lhe custaram a módica quantia a rondar os 25 M€, nem são precisas mais demonstrações!
 
Melhorar contratos, lá isso também melhorou! E nalguns casos, até muito bem!
Então não é que o “cebola”, dizem as más-línguas – como a de MST – ganha praticamente o que Quaresma foi ganhar no Inter?!
 
Nunca uma vítima do surripianço costumeiro daquelas bandas ficou tão agradecida!
Falamos do Benfica, imensamente grato por se ter livrado de um mercenário de marca e por ver que a vilanagem consegue dar a sua ajudinha à vermelhidão cada vez mais avermelhada daquelas contas!
 
O aumento dos encargos financeiros, nomeadamente o crédito, não é indício nem parcela do agravamento vermelhão dos problemas económico-financeiros!
Felizmente para o Benfica e para todos os que prezam a verdade desportiva, ele é o verdadeiro problema!
O crédito contraído, e a contrair, não se destinou a investimento!
Destinou-se e destina-se a pagar dívidas vencidas ou praticamente vencidas e não pagas!
Isto é, o clube dos favores e das contas, sempre e cada vez mais vermelhas, começa a não conseguir, a estar impossibilitado de cumprir pontualmente as dívidas já vencidas, ou que se vencem brevemente, sem recorrer a empréstimos para as pagar!
 
Isto foi dito pelo tal dirigente responsável pela área económico-financeira!
Isto é o indício mais impressivo do começo de uma insolvência, vulgo o que, erroneamente, ainda muitos apelidam de falência!   
 
O vermelho das contas do clube dos favores já se verifica há muito tempo e até com números bem mais expressivos. Mas nunca se verificou tanta preocupação!
No entanto, parece que ainda há migalhas! E é comovedor ver tanta gente afadigada!
 
Com um quadro composto por 62 jogadores, quase o triplo dos que normalmente uma equipa precisa, os custos dos favores têm de ser elevados porque os salários destes também são pagos, em grande parte por quem é o seu verdadeiro patrão.
Assim se compreende melhor que o director-geral do patronato já vá prevenindo os seus apaniguados de que o novo grupo passa por jovens jogadores portugueses com potencialidades de crescimento, sob o signo, dizem, de uma nova política desportiva e financeira.
 
E tem razão, o director-geral! Se são novos, têm naturalmente ossos e músculos em crescimento! Era o que faltava se não tivessem!
Bem, pode algum ser anão!
Mas o dito director-geral também não tem razão para grandes alarmes, seja qual for a novidade dos jovens. Há sempre potencialidades de lhes crescer a barriga!
 
Só Moreira, comentarista televisivo, não vai na conversa. Sem papas na língua, diz que a nova política anunciada é uma "confissão do fracasso".
Moreira vai mais longe e lamenta que esta viragem "não tenha sido antecipada como política estratégica há mais tempo, mas só agora, forçada pelas circunstâncias".
E Moreira reforça:
"Isto é uma confissão do fracasso. Se tivesse sido feito antecipadamente, a situação da SAD seria bem mais saudável nesta altura e o FC Porto não seria obrigado a vender os seus anéis todos os anos, como acontece".
 
Parece que, de resto, o comentarista não teria sido muito bem tratado, o que demonstra que, por aquelas bandas, união nem sempre é o prato forte. E lá vem o seu queixume lamuriento:  
"Uma das razões pelas quais saí do Conselho Consultivo há uns anos foi porque propus estas políticas de mercado. E não só recusaram como me excluíram do Conselho Superior."
 
É certo e sabido que o pagamento de favores ainda vai obrigar a vender mais uns anéis!
E eles já não são muitos e alguns são já uma mistura de latão!
 
Ou venda de anéis, ou contas cada vez mais vermelhas!
De resto, é a cor que eles adoram, agora que nem posses têm para se fazer de caros!

Tudo o que vem da boca do sr. Moreira não é para ser levado a sério, mesmo quando fala contra o clube dele!
Agora o que eu gostava era ver a análise do "cúmentador" às palavras do sr. Mortágua sobre como comprar jogos...!
Dylan a 7 de Março de 2009 às 00:40

mais sobre mim
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

15
16
17
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


arquivos
2009

2008

links
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO